Online do Mundo de 2014 Copa Notícias

Notícias Sobre a Copa de 2014 e os jogadores Fotos

Flower

Bom ensaio para o Mundial

Bom ensaio para o Mundial© AFP

Portugal venceu a selecção de Camarões por 3-1, em jogo de preparação para a Copa do Mundo da FIFA, realizado esta terça-feira na Covilhã. O duelo serviu, sobretudo, para a equipa das Quinas testar o modelo do futebol africano, já que a Costa do Marfim é o primeiro adversário do conjunto de Carlos Queiroz na África do Sul. Raul Meireles, com um bis, e Nani estiveram em grande destaque ao marcarem os golos de um duelo no qual Pedro Mendes ainda assustou.

Depois do empate a zero com Cabo Verde na semana passada, a exigência subiu frente aos Camarões e Portugal respondeu de forma altamente positiva. Entre os 13 e os 17 minutos, um grande passe de Deco e um mau atraso permitiram a Cristiano Ronaldo isolar-se, mas o jogador do Real Madrid foi desarmado no primeiro lance e atirou para defesa de Kameni na segunda.

Portugal dominava o meio-campo e Deco, entre outros, mostrava que está a subir de forma e a ganhar confiança rumo ao Mundial, mas foi do pé direito de Simão que nasceu o primeiro golo, aos 32 minutos. O extremo do Atlético de Madrid cruzou da direita e, na área, surgiu Raul Meireles a rematar de primeira para o fundo das redes (1-0).

O minuto seguinte foi algo estranho, já que a grande estrela dos Camarões, Samuel Eto’o, viu dois cartões amarelos, e o consequente vermelho, num curto espaço de tempo, primeiro por protestar uma decisão do árbitro e, depois, por uma falta sobre Duda. Com menos uma unidade em campo, a selecção africana estava perto de sofrer o segundo golo logo a seguir, quando Cristiano Ronaldo rematou muito forte para defesa de Kameni, depois de bailar sobre um adversário.

Os 12 mil adeptos portugueses que encheram o estádio da Covilhã voltaram a festejar logo no primeiro minuto da segunda parte, quando um cruzamento de Raul Meireles perto da linha final levou a direcção da baliza e resultou no 2-0.

Foi então tempo dos Camarões reagirem e Eduardo teve a primeira oportunidade de brilhar no jogo, ao assinar uma grande defesa a remate de Makoun, antes de Mbia cabecear por cima do alvo, após o pontapé de canto. Nani, um dos jogadores lançados por Carlos Queiroz para a segunda parte, esteve muito perto de ampliar o resultado para 3-0, após assistência de Danny, mas o remate do extremo do Manchester United foi salvo em cima da linha fatal por Assou-Ekoto.

O defesa esquerdo camaronês foi ainda mais fundamental aos 69 minutos, quando tirou um cruzamento perfeito que Achille Webó transformou, de cabeça, no golo da selecção forasteira.

Zé Castro de saída
Foi um período de más notícias para Carlos Queiroz que, pouco depois, viu Pedro Mendes a abandonar o terreno de jogo lesionado. O médio saiu do relvado sob aplausos e a festa voltou ao estádio aos 81 minutos, quando Cristiano Ronaldo isolou Nani, com o extremo a executar um chapéu perfeito sobre Kameni para o 3-1 final.

O final do jogo ficou marcado pela preocupação do grupo de trabalho português com o estado físico de Pedro Mendes, mas foi o próprio Carlos Queiroz a confirmar, em conferência de imprensa, que o problema sofrido pelo médio não é minimamente grave.

Assim, Portugal vai manter a lista final de 23 jogadores enviada esta terça-feira para a FIFA, havendo a registar a saída de Zé Castro. O defesa do Deportivo da Corunha fez parte do estágio de Portugal até ao duelo com os Camarões e o seleccionador português fez questão de agradecer o empenho do jovem jogador.

A primeira vez de Neymar e Ronaldinho

Baixe o Flash PlayerPara visualizar o FIFA.com completamente você precisa do Macromedia Flash Player versão 10 ou posterior. Clique aqui para fazer o download.

A uma semana do início da Copa do Mundo Sub-17 da FIFA Emirados Árabes Unidos 2013 relembramos alguns momentos de destaque de edições passadas, como o surgimento de Verón, Ronaldinho Gaúcho e Fàbregas, o primeiro título de um anfitrião e uma goleada por 13 a 0.

Arábia Saudita se torna a primeira campeã árabe 
Na terceira edição do torneio, em 1989, a organização, disciplina exemplar e plano de jogo definido dos sauditas foram decisivos para a primeira conquista do país no então Mundial Sub-16. Prova disso foi a campanha invicta e a vitória sobre a anfitriã Escócia na final.

Verón brilha e Argentina quase chega
Juan Sebastián Verón foi apontado como astro em ascensão da seleção Argentina na Itália 1991 — primeira edição do torneio com o limite de idade alterado de sub-16 para sub-17. Na oportunidade, o meia ajudou a Argentina a ficar com a terceira colocação, primeiro pódio do país na categoria.

Espanha registra goleada recorde
A partida com o maior número de gols da história da Copa do Mundo Sub-17 da FIFA aconteceu na cidade egípcia de Ismaília, em 1997, quando a seleção espanhola aplicou um impiedoso 13 a 0 sobre a Nova Zelândia. A chuva de gols garantiu a Chuteira de Ouro a David, mas não iria muito além disso: os espanhóis perderiam a semifinal para Gana, vice-campeã daquela edição.

Ronaldinho Gaúcho surge para o mundo
A primeira vez em que o craque mostrou o seu potencial para o mundo foi justamente no ano do primeiro triunfo do Brasil na categoria: 1997. O gol inaugural do jovem talento veio em um pênalti diante da Áustria, logo na partida de estreia da fase de grupos, quando a Seleção venceu por 7 a 0. Ronaldinho terminou a competição com dois gols anotados e, já com a seleção principal, seria campeão da Copa do Mundo da FIFA 2002.

Cesc Fàbregas monopoliza prêmios individuais
O espanhol apresentou o seu cartão de visitas com um desempenho inspirador na Finlândia 2003. Com cinco gols marcados, Fàbregas se sagrou artilheiro e foi eleito melhor jogador da competição.

Neymar deixa a sua marca na Nigéria 2009
Na partida de estreia do Brasil, diante do Japão na cidade de Lagos, o atacante marcou o segundo gol brasileiro aos 22 minutos do segundo tempo. A Seleção venceu a partida por 3 a 2, mas empataria com o México e perderia para a Suíça pelo placar mínimo no Estádio Nacional de Abuja, sendo eliminada do Grupo B e dando adeus à competição. Apesar disso, Neymar brilhou e seguiu alegrando o mundo com a marca registrada do futebol-arte.

México é o primeiro anfitrião a ficar com o título
Em 2011, quando sediaram a última edição do torneio, os mexicanos ficaram com a taça pela segunda vez. Com a conquista, a seleção mexicana se tornou a primeira a faturar o título do Sub-17 na condição de anfitriã, tendo batido o Uruguai na final por 2 a 0 diante de 100 mil torcedores. 

Lyon segura arquirrival

Lyon segura arquirrival© AFP

Este continua sendo um período relativamente tranquilo para o futebol feminino de clubes em todo o mundo já que boa parte dos campeonatos nacionais na Europa ainda faz sua pausa de inverno. Apesar disso, um dos pontos altos do calendário da modalidade aconteceu na França, onde o Lyon enfrentou o Juvisy. A análise semanal do FIFA.com também conferiu as novidades na Itália e na Espanha, além dos preparativos para o início da nova competição dos Estados Unidos.

Campeonato Francês: Pesos-pesados se enfrentam
Há tempos um dos poucos desafiantes à hegemonia do Lyon, o Juvisy voltou a ter a oportunidade de superar o atual campeão nacional e europeu. No entanto, mais uma vez a visita do clube parisiense ao adversário acabou sendo improdutiva, já que as lionesas saíram triunfantes de um encontro acirrado. Um gol de Camille Abily no primeiro tempo e outro de Lotta Schelin no segundo acalmaram o ímpeto do Juvisy e permitiram ao atual líder abrir 14 pontos de vantagem sobre as maiores rivais, quartas colocadas na tabela. O outro destaque da rodada foi o Paris Saint-Germain, que goleou o Arras por 4 a 1 fora de casa com um gol da estreante Tobin Heath, americana recém-contratada pelo vice-líder.

Os três primeiros: Lyon (56 pontos), Paris Saint-Germain (53) e Montpellier (47)

Campeonato Italiano: Líder segue firme
A rodada voltou a ser positiva para os candidatos ao título. Todos os três primeiros colocados venceram, enquanto o Bardolino, quarto lugar, teve sua partida adiada. O líder Torres teve algum trabalho para superar o Mozzanica, marcando os gols da vitória por 3 a 0 somente depois dos 15 minutos do segundo tempo. Já o Tavagnacco se manteve na cola do clube sardo graças a um cômodo triunfo por 5 a 1 fora de casa sobre o Torino, com dois gols de Elisa Camporese. Foram também dois chutes certeiros – neste caso, de Daniela Sabatino – que permitiram ao Brescia derrotar o Como por 3 a 1.

Os três primeiros: Torres (53 pontos), Tavagnacco (49) e Brescia (45)

Campeonato Espanhol: Raro tropeço do líder
O Barcelona foi provavelmente o grande vencedor de uma rodada potencialmente decisiva para o futuro da competição. Terceiro colocado, o atual campeão nacional arrancou uma importante vitória por 2 a 0 sobre o vice-líder Atlético de Madri, enquanto o Athletic Bilbao, primeiro lugar na tabela, escorregou. O clube basco, que só perdeu uma única vez na temporada, precisou de um gol de Irene Paredes nos últimos instantes para empatar em 3 a 3 com o Collerense e evitar cair diante do antepenúltimo na classificação. Já na capital catalã, o Barça superou o Atlético com um gol de Marta Corredera aos 15 e outro da mexicana Kenti Robles aos 45 do segundo tempo, garantindo três pontos vitais.

Os três primeiros: Athletic Bilbao (51), Atlético de Madri (47) e Barcelona (46)

Campeonato Americano: Nova competição cada vez mais perto
A nova Liga Nacional de Futebol Feminino dos Estados Unidos continua a tomar forma a cada semana. Nesta quinta-feira, acontecerá uma nova rodada de seleção de jogadoras, deixando completa a maioria dos elencos dos oito times do torneio, formados por entre 18 e 20 atletas. O campeonato, que contará com diversas jogadoras canadenses e mexicanas subvencionadas por suas respectivas federações, começará a pré-temporada em março. A data de início do torneio, porém, ainda precisa ser confirmada, apesar de prevista para o fim do primeiro semestre do ano.

City para em Julio Cesar e empata com lanterna

City para em Julio Cesar e empata com lanterna© Getty Images

Quatro partidas abriram nesta terça a 24ª rodada do Campeonato Inglês com destaque para o confronto entre o lanterna Queens Park Rangers e o atual campeão, atualmente na segunda posição, Manchester City, em Loftus Road. Em sua primeira partida após vender Mario Balotelli para o Milan, os Citizens não conseguiram superar mais uma boa atuação do goleiro brasileiro Júlio César, que garantiu o empate por 0 a 0.

Convocado para a Seleção Brasileira pelo técnico Luiz Felipe Scolari, o camisa 33 do QPR se apresenta apenas no dia 3 de fevereiro para disputar o amistoso contra a Inglaterra. Enquanto isso, segue mostrando ao torcedor que mereceu o chamado para vestir novamente a camisa canarinho. Em Londres, o time da casa foi amplamente pressionado pela equipe de Manchester, que empreendeu forte domínio e chegou a deter 75% da posse de bola.

A primeira chance real foi criada aos dez minutos do primeiro tempo, quando David Silva cobrou escanteio fechado e Lescott apareceu na primeira trave para desviar. Atento, Júlio César operou seu primeiro milagre naquele lance. Aos 41, a melhor defesa da partida. Após descida sem marcação de Carlos Tévez, pela esquerda, o argentino cruzou no meio da área, onde Barry apareceu livre e concluiu com precisão. O goleiro se esticou todo, mas conseguiu desviar com a ponta dos dedos e evitou a abertura de placar dos comandados de Roberto Mancini.

Reserva nas últimas rodadas, Balotelli foi vendido ao Milan por cerca de 20 milhões de euros, mas não fez tanta diferença dentro de campo. Escalado com David Silva, Tévez e Nasri chegando de trás, o City apostou nas finalizações do descalibrado Aguero e mais tarde de Dzeko, que teve outra boa chance para abrir o placar, aos 35 do segundo tempo, mas viu Júlio César se posicionar no canto direito para jogar a bola para escanteio e espantar definitivamente o perigo.

Sem vencer, o Manchester City permanece na segunda colocação com 52 pontos, quatro a menos que o Manchester United, que pode aumentar a vantagem na liderança, e sete a mais que o Chelsea, que pode diminuir a diferença no complemento da rodada. Ainda na última posição, o QPR segue com 16 pontos, cada vez mais longe da salvação. No sábado, o City recebe o Liverpool e o QPR tenta reagir contra o Norwich City.

Newcastle vence fora de casa
Com gols marcados por Cisse e Cabaye, o Newcastle aproveitou o início da rodada para vencer o Aston Villa fora de casa, por 2 a 1- Benteke marcou o gol de honra, nos pênaltis. Nos outros jogos da terça-feira, dois empates: 2 a 2 para Stoke City e Wigan e 0 a 0 para Sunderland e Swansea City.

Confira todos os jogos da 24ª rodada do Campeonato Inglês:

Terça-feira
Aston Villa 1 x 2 Newcastle United 
QPR 0 x 0 Manchester City 
Stoke City 2 x 2 Wigan
Sunderland 0 x 0 Swansea

Quarta-feira
Norwich x Tottenham 
Arsenal x Liverpool 
Everton x West Bronwich 
Reading x Chelsea 
Fulham x West Ham 
Manchester United x Southampton

Drago em grande estilo

Dragão em grande estilo© AFP

O FC Porto é a primeira equipa apurada para as meias-finais da Taça de Portugal depois de vencer o Sporting, no Estádio do Dragão, por um claro 5-2. O colombiano Falcao voltou a estar em destaque, ao marcar dois golos, e os portistas continuam, assim, na corrida para defender o troféu conquistado na época passada.

O FC Porto entrou bem melhor no jogo e já depois de ter ameaçado a baliza de Rui Patrício por duas vezes, chegou ao golo quando estavam decorridos 18 minutos. Após um pontapé de canto na direita e de um ressalto na área leonina, o central Rolando estava no sítio certo para empurrar para o 1-0.

O Sporting parecia adormecido, mas, de repente, tudo mudou. Sem capacidade para penetrar na defesa portista a solução só podia surgir de longe e foi isso mesmo que aconteceu. Apenas quatro minutos depois do primeiro golo, o russo Izmailov não teve medo de ser feliz e, com um grande pontapé a trinta metros da baliza, assinou o empate.

A emoção era cada vez maior e as bancadas do Dragão voltaram a festejar aos 34 minutos, quando Falcao devolveu a vantagem ao FC Porto com um remate à entrada da área. O ponta-de-lança colombiano estava em noite sim e bisou, ainda antes do intervalo, concluindo, de cabeça, uma excelente jogada pelo flanco esquerdo (3-1).

Se a eliminatória ainda não estava decidida, ficou definitivamente arrumada ao terceiro minuto do segundo tempo, quando Varela aumentou a vantagem portista. O 4-1 dava pouquíssimas chances de recuperação ao Sporting e o cenário assumiu contornos históricos quando, aos 57 minutos, Mariano González marcou um golo simplesmente fantástico para o 5-1. O Sporting ainda reduziu, com Liedson a amenizar os números da derrota muito perto do final, mas a noite foi mesmo de gala para o Dragão.

Os quartos-de-final ficam completos com a realização dos jogos Pinhalnovense-Naval e Braga-Rio Ave, esta quarta-feira, e Paços Ferreira-Chaves, agendado para quinta-feira.

Guardiola exalta Santos e lembra de Pel

Guardiola exalta Santos e lembra de Pelé© Getty Images

O Barcelona nem precisou pisar no acelerador para chegar a uma tranquila goleada por 4 a 0 sobre o Al Sadd. Apesar de não ter apresentado o mesmo futebol que por exemplo, em vitória como a do último sábado sobre o Real Madrid, o técnico Pep Guardiola saiu de campo satisfeito com a atuação.

“O desafio contra o Al Sadd era encontrar uma forma de atacar, não de defender. Sabíamos que eles viriam com nove jogadores na entrada da área deles, com uma linha de cinco e outra de quatro. É muito difícil lidar com isso, mas acho que o fizemos muito bem”, analisou o comandante da equipe catalã, que exaltou o fato de sua equipe praticamente não ter sido ameaçada.

Passado o primeiro teste, vem agora o maior deles na final da Copa do Mundo de Clubes da FIFA e contra uma equipe que, segundo ele, inspira cuidados mais até pela tradição de seu nome. “Nosso próximo rival é um clube histórico desde a época de Pelé. Agora está com uma nova geração, também muito boa, e o mais importante é que são brasileiros, ou seja, muito competitivos”, salientou.

Enquanto Muricy Ramalho e boa parte dos atletas santistas acompanharam de perto a vitória do Barcelona, o time catalão não adotou o mesmo expediente e viu do hotel vitória do Peixe sobre o Kashiwa Reysol, no dia anterior. Ainda assim, o comandante espanhol garante que também chegará ao duelo conhecendo as armas alvinegras.

“Ontem (quarta) não conseguimos viajar para ver o jogo do estádio, mas acompanhamos pela televisão. Como todos estão em Yokohama agora, eles quiseram vir até aqui para conhecer mais o rival que teriam. É claro que ajuda”, apontou. “Meus colaboradores vão me informar como joga o Santos, mas ainda não vi nada. A partir de amanhã (sexta) vamos pensar nisso”.

Outra preocupação de Guardiola são os desfalques. O atacante David Villa sofreu uma fratura na tíbia e não tem condições de jogo. Alexis Sánchez, a outra opção para comandar o ataque, deixou o campo sentindo dores musculares e preocupa.

Adriano tem a resposta
Ao mesmo tempo que ganhou problemas, Guardiola encontrou em Adriano uma grata surpresa mesmo jogando pela ala direita. Autor dos dois primeiros gols do Barcelona, o lateral deixou o gramado surpreso com o próprio feito e esperançoso em poder ajudar na final, caso seja novamente utilizado – Daniel Alves deve reconquistar a posição.

E se foi com tudo para o ataque, é na defesa que o brasileiro diz ter a solução para parar os craques santistas no domingo. “Nós assistimos às partidas do Santos e já sabemos como frear Neymar e sua turma toda”, disse o jogador, que explicou a opção de Guardiola de colocá-lo na direita Japão. “O calendário está um pouco apertado, acaba pesando um pouco. Por isso, ele trocou algumas peças”, explicou.

Depois da vitória fácil na estreia, o Barcelona tem até domingo para se recuperar e tentar seu segundo título mundial. De acordo com Adriano, ao contrário do que se diz no Brasil, o clube catalão também dá valor a esse torneio.

“Vamos tratar essa final como uma final de Copa do Mundo. Para nós é a mesma importância de uma Liga dos Campeões. Não tem essa de valor menor para o Barcelona. Aqui estamos todos empenhados em conquistar o título”, concluiu o brasileiro.

Real Madrid anuncia compra de Casemiro

Real Madrid anuncia compra de Casemiro© Getty Images

O Real Madrid anunciou na tarde desta segunda-feira, a compra do volante Casemiro, que pertencia ao São Paulo e estava emprestado desde o começo do ano à equipe espanhola. O clube merengue exerceu a opção de compra prevista no contrato de empréstimo e terá o brasileiro por quatro temporadas.

Casemiro tem 21 anos e foi inicialmente contratado para atuar na equipe B do Real Madrid, o Castilla. No entanto, ao longo deste primeiro semestre, ganhou espaço aos poucos no time principal e chegou a ser escalado por José Mourinho como titular em um jogo do Campeonato Espanhol. A saída do treinador português não afetou o futuro do jogador em Madri.

No Morumbi, Casemiro chamou a atenção pela primeira vez em 2010, quando participou da conquista da Copa São Paulo de Juniores. Pouco depois, foi alçado à equipe principal do Tricolor e venceu, no ano seguinte, o Sul-americano e o Mundial sub-20 com a Seleção Brasileira da categoria.

O começo promissor de Casemiro no São Paulo deu lugar a atuações irregulares e à reserva, mesmo com as contantes trocas de técnico, até que ele foi negociado com o Real Madrid, em janeiro deste ano. Na equipe espanhola, ele disputará posição com jogadores como Sami Khedira, Xabi Alonso e Michael Essien.

Quartas de final vista

Quartas de final à vista© Getty Images

Na segunda rodada dos Grupos A e B da Copa do Mundo de Beach Soccer da FIFA 2011 poderão ser definidas as primeiras classificações antecipadas. Enquanto algumas seleções já podem garantir uma vaga nas quartas de final, outras, que foram derrotadas na estreia, estão sob forte pressão.

O jogo do dia
Portugal x Argentina, Grupo B, 17h (12h em Brasília)
As duas seleções estrearam com vitória no Mundial de Beach Soccer. A Argentina saiu em desvantagem contra Omã, mas conseguiu virar o placar e conquistou os seus primeiros pontos no torneio. Já Portugal deixou claro que tem ambições de conquistar o título ao aplicar uma massacrante goleada contra El Salvador. Agora, o vencedor do confronto poderá começar a fazer planos para as quartas de final. Considerando a alta produtividade do ataque português na primeira rodada, a defesa Argentina certamente terá muito trabalho pela frente para parar Madjer e companhia.

As outras partidas
No outro jogo do Grupo B, Omã e El Salvador fazem o duelo dos desesperados. Apenas o vencedor da partida ainda terá esperanças de conseguir uma vaga entre os oito melhores. Uma vitória seria extremamente importante para as duas seleções e ainda teria um caráter histórico, já que nenhuma delas conseguiu um resultado positivo na Copa do Mundo de Beach Soccer da FIFA até hoje. O país da Ásia está estreando no torneio, enquanto que a equipe da América Central perdeu os sete jogos que já disputou na competição.

No Grupo A, será realizado um duelo entre duas seleções que conseguiram vitórias apertadas na estreia. A Itália, anfitriã do torneio, prevaleceu contra o Irã na disputa por pênaltis, e o Senegal derrotou a Suíça da mesma forma. Contando com o apoio dos torcedores locais, os italianos querem dar mais um passo rumo às quartas de final, mas os africanos também tiveram apoio maciço da sua torcida no primeiro jogo e não vão facilitar para os donos da casa. A única certeza é que teremos uma belíssima atmosfera no Stadio del Maré.

A outra partida do Grupo A colocará frente a frente Irã e Suíça, que sabem que uma derrota pode colocar um fim precoce ao sonho de classificação para a próxima fase. No primeiro jogo contra o Senegal, os suíços mostraram muita raça para correr atrás de uma desvantagem de quatro gols, enquanto os iranianos lideraram o marcador durante quase toda a partida contra a Itália. Com esse retrospecto, é fácil observar que o aspecto psicológico poderá ser decisivo no duelo.

Fique de olho
Após a expulsão do goleiro Hamed Ghorbanpour, os iranianos precisarão contar com o seu substituto Mohammad Rahaviezabadi na partida decisiva contra a Suíça. Resta saber se ele conseguir conter o poderio ofensivo do artilheiro suíço Dejan Stankovic.

O número
2 A Itália já disputou duas partidas da Copa do Mundo de Beach Soccer da FIFA contra adversários africanos — e perdeu as duas. Em 2006, os italianos foram derrotados pela Nigéria. Em 2007, perderam nos pênaltis do Senegal.

A frase
“Preciso admitir que o lado psicológico foi fundamental na nossa primeira partida. A maioria dos nossos jogadores está participando pela primeira vez da Copa do Mundo de Beach Soccer, por isso demorou um pouco até que entrássemos no ritmo. Além disso, faltou um pouco de ritmo de jogo porque não disputávamos nenhuma partida havia um mês. Mas tenho certeza de que as coisas serão bem diferentes no nosso segundo compromisso. Esperamos jogar com a mesma precisão que mostramos nas eliminatórias para o torneio.”
Cezar Mendonza, goleiro da Argentina

Programação
Irã x Suíça – 15h30 (10h30 em Brasília)
Portugal x Argentina – 17h (12h em Brasília)
Senegal x Itália – 18h30 (13h30 em Brasília)
Omã x El Salvador – 20h (15h em Brasília)

Felipe Santana comemora classificao

Felipe Santana comemora classificação © AFP

Autor do gol que deu a classificação para as semifinais ao Borussia Dortmund Felipe Santana voltou a atuar pelo clube alemão nesta terça-feira, diante do Real Madrid, e conquistou a vaga na decisão da UEFA Champions League mesmo com a derrota por 2 a 0 – sua equipe venceu o primeiro jogo por 4 a 1. Após o confronto no Santiago Bernabéu, o brasileiro revelou que este é um momento único em sua carreira.

“É impossível achar uma palavra para descrever a emoção que estou sentindo nesse momento. Ter a possibilidade de disputar a decisão do campeonato mais importante da Europa é algo que ficará marcado para sempre na minha memória. Sabíamos que o Real Madrid faria um jogo muito difícil nessa segunda partida e, apesar do bom resultado que construímos na Alemanha, nossa classificação estava longe de estar definida”, explicou Felipe Santana.

O bom desempenho dentro de campo foi refletido nas arquibancadas, já que a torcida do Borussia foi um diferencial ao longo da competição. Em casa, os fãs da equipe alemã fizeram um verdadeiro show, mas também não deixaram de apoiar nos jogos longe de seus domínios. Felipe Santana sabe da importância dos torcedores, por isso fez questão de agradecer ao apoio dado na competição europeia.

“Quero parabenizar todo o grupo por essa final de Liga dos Campeões e a comissão técnica, que vem desenvolvendo um trabalho maravilhoso conosco. Não posso deixar de parabenizar a torcida, que vem fazendo uma linda festa nas arquibancadas e, mesmo aqui na Espanha, o cenário não foi diferente”, destacou o brasileiro.

Na final da competição continental, o Borussia vai enfrentar o vencedor do duelo entre Bayern de Munique e Barcelona, que decidem a vaga nesta quarta-feira. Com a vitória por 4 a 0 no primeiro jogo, os bávaros estão bem perto de conquistar a classificação e fazer uma decisão entre times do mesmo país.

Noruega Holanda no caminho de Portugal

Noruega  <strong></strong>  Holanda no caminho de Portugal” class=”landscape” />© AFP
<p style=A Noruega vai ser uma das adversárias de Portugal nas eliminatórias europeias para a Copa do Mundo Feminina da FIFA Canadá 2015, ditou o sorteio realizado, esta terça-feira, em Nyon, na Suíça.

O sorteio envolveu 42 países e resultou em alguns grupos bastante interessantes, colocando frente a frente algumas das finalistas da Copa da Europa da UEFA. Itália e Espanha, por exemplo, vão defrontar-se no Grupo 2, enquanto a Rússia e a Finlândia vão tentar comprovar a sua evolução quando encontrarem a gigante Alemanha e a França, nos grupos 1 e 7, respetivamente. 

Portugal ficou incluído no Grupo 5, que tem a Noruega como granda favorita, mas que também conta com a Holanda, que tem vindo a crescer no futebol feminino, além de Bélgica, Grécia e Albânia. 

A Dinamarca vai reavivar a rivalidade com a Islândia no Grupo 3, enquanto a Suécia não terá tarefa fácil no Grupo 4, que conta também com a Escócia e a Polónia. A Inglaterra é a favorita no Grupo 6, onde vai defrontar, por exemplo, a Ucrânia e as vizinhas do País de Gales.

Entre as seleções que entraram no sorteio estão os quatro países que se classificaram na ronda preliminar, incluindo as estreantes Albânia e Montenegro. Malta e Ilhas Faroé também garantiram as repetivas vagas.

As eliminatórias europeias, que vão decorrer entre 20/21 de setembro de 2013 e 17 de setembro de 2014, garantem oito vagas para a Copa do Mundo Feminina da FIFA. Os grupos serão disputados em duas voltas, com os sete vencedores a garantirem automaticamente a presença no Canadá 2015. Os quatro melhores segundos classificados – contando os resultados obtidos frente ao primeiro, terceiro, quarto e quintos lugares -, vão jogar “play-offs” a 25/26 e 29/30 de outubro e 22/23 e 26/27 de novembro de 2014 para se determinar a última seleção qualificada.

Confira o resultado do sorteio:

Grupo 1
Alemanha
Rússia
República da Irlanda
Eslováquia
Eslovénia
Croácia

Grupo 2
Itália
Espanha
Républica Checa
Roménia
Estónia
Macedónia

Grupo 3
Dinamarca
Islândia
Suíça
Sérvia
israel
Malta

Grupo 4
Suécia
Escócia
Polónia
Irlanda do Norte
Bósnia-Herzegovina
Ilhas Faroé

Grupo 5
Noruega
Holanda
Bélgica
Portugal
Grécia
Albânia

Grupo 6
Inglaterra
Ucrânia
Bielorrússia
País de Gales
Turquia
Montenegro

Grupo 7
França
Finlândia
Áustria
Hungria
Bulgária
Cazaquistão